A MODA PROPORCIONANDO INCLUSÃO

Uma jovem de 22 anos fez um TCC de moda incrível e muito diferente dos que estamos acostumados a ver: Jaqueline Soares criou uma loja para moradores de rua como projeto de conclusão de curso, e com a ajuda de outros estudantes e familiares, esse projeto se tornou realidade.

A ideia era juntar peças doadas em bom estado, e coloca-las num ambiente onde os moradores poderiam realizar suas compras, mas sem precisar pagar por elas. Com 2691 peças arrecadadas e colocadas no espaço montado nas ruas de Florianópolis, o morador de rua recebia um cupom de R$50 fictícios, e podia realizar suas compras, de acordo com a necessidade e gosto.

seasiders, biquinis estilosos, moda praia, biquinis lindos, biquinis baratos, moda praia online, blog de estilo de vida, blog de surf

Jaqueline Soares, 22, formada em moda no Centro Universitário Estácio de Santa Catarina

Por já ter sido moradora de rua quando criança, a visão de Jaqueline sobre o projeto é muito interessante. Seu objetivo era realizar a inclusão dessas pessoas em algo tão comum para as classes A e B da sociedade, e também mostrar que as roupas tem o poder de transformar as pessoas.

Apesar de muitas pessoas terem uma visão fútil da moda, é um fato que roupas podem mostrar quem você é, o que você representa, que imagem você quer passar e, da mesma forma, mudar a imagem que as outras pessoas tem de você.

Um morador de rua, que geralmente está vestido com roupas velhas, sujas, desconexas, é visto como inferior perante outras pessoas. Mas, a partir do momento que ele está com uma roupa boa, que ele pode compor com outras, ele ganha a possibilidade de mostrar quem ele é, o que ele quer, como por exemplo estar adequadamente vestido para uma entrevista de emprego.

Mas aí você me pergunta: como um morador de rua, um vagabundo, é capaz de escolher o que vestir, quanto mais arrumar um emprego? Nossa sociedade enxerga os moradores de rua como pessoas que querem estar alí, que não tem força de vontade, seres inferiores. Mas muitas dessas pessoas estão nessa situação por falta de escolha, por problemas familiares, violência, falta de apoio.

seasiders, biquinis estilosos, moda praia, biquinis lindos, biquinis baratos, moda praia online, blog de estilo de vida, blog de surf

Jaqueline recolhendo as peças doadas para o projeto.

Hoje, existem alguns projetos que tentam trazer a inclusão dessas pessoas de volta para a sociedade, como por exemplo o SP Invisível, que vai até essas pessoas, escutam e entendem a sua história e, de forma coletiva, tenta achar uma solução para o seu problema. Podem ser pessoas que vieram para São Paulo em busca de uma vida melhor e não foi o que obtiveram, e precisam de dinheiro para voltar para casa, ou alguém que era violentada em casa e preferiu sair, e agora tem dificuldades de achar um emprego para se sustentar.

Os casos são diversos e, por isso, a inclusão é tão importante. Precisamos parar de olhar as pessoas diferentes como inferiores, sem ao menos saber sua história, sua capacidade. Uma pequena oportunidade pode ser a gota que falta para uma reviravolta na vida dessas pessoas, além de que, porque não dar um pouco do que muito temos para quem nada tem?

O projeto de Jaqueline é um exemplo que todos nós deveríamos seguir. E nem preciso dizer que ela tirou 10 no TCC, né?

seasiders, vestindo a alma, moda praia, biquinis estilosos, tudo sobre biquini

 

Motivadas pelo desejo de trazer a praia para o cotidiano urbano, Camila Tobal e Juliana Vallada, criaram a Seasiders

A dupla de designers de estampas usam sua marca de beachwear para contar histórias de viagens pelo mundo e amor a natureza através de estampas autorais e coleções reflexivas. Para as Seasiders, amar a praia vai além de estar nela. É vesti-la todo dia e transmitir essa vibe por toda parte.

 

Deixe seu comentário =)

Comentários