Andinismo no Vulcão Toco!

De volta a San Pedro do Atacama o nosso grupo tinha pouco tempo mas muito entusiasmo para conhecer pelo menos um pouco do Atacama!

Decidimos então fazer uma experiência única, treckking no Vulcão Toco com o melhor guia Chileno do Atacama, o Osvaldo!

E mesmo antes de subir já sabíamos que nosso coração transbordaria nessa aventura andina à uma altitude de nada mais nada menos que 5.655 metros! Isso significa 6 km para cima, em direção ao céu!

O maior problema dos trekkings de altitude está na aclimatação. Acima de 4.500m, nenhum ser humano se sente normal…

Atacama é o deserto mais seco e mais alto do mundo! E mesmo que você viva em alguma cidade com baixa umidade do ar vai sentir olhos, bocas e garganta ressecarem já nas primeiras horas de passeio por lá!

NAO FOI FACIL

É exatamente por isso que qualquer atividade física por lá se torna extremamente difícil por mais atleta quem você possa ser (diga-se de passagem os jogadores de futebol quando vão jogar em alguns países da América Latina).

A ascensão ao Vulcão Toco (Cerro Toco) é feito caminhando-se por sua encosta. Não é escalada, mas a caminhada é íngreme e o solo é composto de areia, material vulcânico e pedras soltas, exigindo-se assim um ótimo condicionamento físico para alcançar seu cume.

A vista de sua cratera inativa a 5.655 m é de tirar o fôlego. Você estará perto do céu muito próximo dos vulcões Licancabur e Sairecabur, avistando ainda a Laguna Verde na Bolívia. O tempo de subida médio é de 2 h 00 e mais 1 h 15 de descida.

O Osvaldo cuidou de tudo para a gente mas é bom ter em mente algumas recomendações. Como estaremos em condições extremas, é necessário boa vestimenta:

1) botas/tênis de montanha

2) jaqueta para temperaturas muito baixas (abaixo de zero)

3) bastão de trekking/montanha,

4) bandana para cobrir o nariz

5) segunda pele, gorro, luvas, óculos de sol, protetor solar e água.

TOCO

Vale ressaltar que é necessária uma hospedagem de ao mínimo cinco noites em Atacama para fazer estas escaladas, devido ao tempo de aclimatação à altitude e de adaptação às condições do deserto!

A Experiência:

Já nos primeiros 10 passos, o seu coração literalmente dispara e você quer gritar porque não consegue controlar tão facilmente!

Por mais que você utilize técnicas respiratórias, é um ambiente que você nunca esteve com dificuldades climáticas e de altitude. Nesse momento, nosso grande guia disse: somos um grupo, se um para todos param. Na montanha, você nunca está sozinho! Nesse momento, eu já senti a adrenalina bater forte como quando mergulhei pela primeira vez! Porque a gente sabe que o ser humano precisa do ser humano. Estar só na montanha é maravilhoso mas lá sentimos mais que qualquer lugar a necessidade de companhia, dividir experiências, comentar durante a escalada, ajudar e ser ajudado…

O importante é se concentrar em um ritmo e segui-lo, tentando não parar!

gps

Quase chegando ao cume, faltava poucos passos e o Osvaldo pediu para que fechássemos os olhos e em fila indiana com a mão no ombro da pessoa da frente e cabeça baixa! Ainda de olhos fechados, quando chegamos ele nos posicionou da melhor forma para a vista indescritível lá de cima!

Ao abrir os olhos, eu chorei muito! O Osvaldo deu um abraço caloroso em cada um de nós e nos parabenizou pelo esforço psicológico que tivemos! A chegada ao pico pode e deve ser comemorada, tendo como prêmio a visão de uma magnífica paisagem!

VOLCAO TOCO

Se você se sente preparado para enfrentar o desafio de um trekking de altitude não deixe de visitar o vulcão “Toco” em seu passeio pelo deserto do Atacama.

VULCAO TOCO!

Foi simplesmente inesquecível!

Contato do Guia Osvaldo
San Pedro de Atacama
56 9 9310-6690 

Deixe seu comentário =)

Comentários