NUTRIÇÃO ESPORTIVA E SEUS BENEFÍCIOS

A minha consulta com a Nutricionista esportiva Carina Melo foi um sucesso, e agora ela explica pra gente, desde o início, sobre a nutrição esportiva:

A nutrição é um dos fatores mais importantes para um bom rendimento no exercício físico. O esforço intenso e o consumo energético do treinamento e da competição desportiva impõem exigências incomuns na dieta do atleta.

Sabe-se que os benefícios do exercício desaparecem com o esgotamento e a falta de treinamento. O exercício extenuante causa dano muscular e induz a elevação de enzimas, bem como promove a formação de radicais livres e outras espécies reativas que causam dano tecidual. Essas espécies, além de contribuir para danos tissulares e celulares, podem prejudicar o desempenho do atleta ou praticante de exercício físico se o consumo de macro e micronutrientes não estiver adequado ao seu exercício e/ou esporte e, ainda, de acordo com a duração, intensidade e frequência dos mesmos.

A Nutrição Esportiva Funcional consiste na área da nutrição que prioriza a individualidade especifica de cada organismo e como a atividade física exercida, tempo de atividade e intensidade da mesma relaciona-se com a alimentação. Considera a interação entre todos os sistemas do corpo, incluindo as relações que existem entre o funcionamento físico e aspectos emocionais. Basea-se no tratamento na individualidade fisiológicas e bioquímicas do organismo, de acordo com cada paciente compreendendo a interação que existe entre todos os sistemas do corpo em conjunto com as características dos nutrientes, considerando os perfis genéticos, bioquímicos, metabólicos e estilo de vida para promover a melhora e/ou manutenção da sua saúde e a melhorar o desempenho e a recuperação pós-exercício.

A nutrição apropriada constitui o alicerce para o desempenho físico: o alimento proporciona também os elementos essenciais para a síntese de novos tecidos (músculos, ossos e gordura) e auxilia na recuperação de lesões ou traumas eventualmente provocados pelo mesmo. As necessidades nutricionais, porém, são diferentes de um indivíduo para o outro em função de alguns fatores como idade, sexo, peso, altura, patologias e o tipo de atividade física realizada.

O diagnóstico individual é importante, pois o corpo humano é uma máquina complexa e singular formada por cerca de 100 trilhões de células, compostas exclusivamente por nutrientes e fitoquímicos encontrados nos mais variados alimentos, que são responsáveis pela execução de todas as funções do organismo.

Então conhecer a relação entre nutrientes, fitoquímicos e o corpo é a base para se detectar desequilíbrios funcionais, ou alterações das funções orgânicas, causadas por carências nutricionais, sobrecarga do sistema imunológico, e diminuição da capacidade do organismo de eliminar toxinas.

Veja alguns dos desequilíbrios que podem ser melhorados com a nutrição funcional:

  • Queda no rendimento e desempenho do atleta/praticante de exercícios físicos;
  • Dor de cabeça, falhas de memória e dificuldade de concentração;
  • Ansiedade, irritação, alteração de humor e compulsão alimentar por carboidratos;
  • Queda de cabelo, unhas fracas, rugas, celulite e flacidez;
  • Falta de energia e motivação, cansaço constante e depressão;
  • Retenção de líquidos, problemas circulatórios e varizes;
  • Alergias, cândidiase ou cistite de repetição, baixa imunidade;
  • Constipação, gases, estufamento ou diarréia;
  • Dores articulares, gastrite, azia;
  • Sobrepeso ou obesidade, dificuldades em ganhar massa magra ou perder gordura;
  • Doenças como câncer, hipercolesterolemia, esteatose hepatica, doença celíaca, diabetes, hipotireoidismo, intolerância a lactose, alergias alimentares, entre outros.

Nos dias de hoje, a maioria das pessoas apresenta um alto nível de estresse, não se alimenta corretamente e quando o faz procura alimentos de baixo valor nutricional. Por isso, muitas vezes há a necessidade de uma suplementação para complementar a alimentação rotineira diária. Cabe ao nutricionista montar uma dieta adequada para determinado indivíduo e de acordo com a sua necessidade prescrever uma suplementação quando necessário.

nutricao esportiva, nutricao para o surf, nutricionista carina melo

– Pós-graduada em Nutrição Clínica – Centro Universitário São Camilo;
– Pós-graduanda em Nutrição Esportiva Funcional – Instituto VP Consultoria Nutricional;
– Curso de Extensão Universitária em Cozinha Italiana – Senac parceria Alma – La Scuola Internazionale di Cucina Italiana – Itália – 2013;
– Graduada em Tecnóloga em Gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi – 2012;
– Graduada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo – 2009.

Contato: 11 98512-7097/ 3876-4440

 

Deixe seu comentário =)

Comentários