O APRIMORAMENTO POR MEIO DA AUTOSSUPERAÇÃO

Treinamento funcional, treino funcional na mooca, surf treino, treino para o surf, treinamento para surfistas, pilates na mooca, pilates para o surf, treino surf equilibrio, acupuntura para esportistas

Como já falado anteriormente, Yôga é uma filosofia prática, cuja proposta é o autoconhecimento, porém esta filosofia está alicerçada por preceitos éticos e morais para que sejam aplicados na vida cotidiana do praticante e não somente no ambiente de prática. A essas normas damos o nome de Yamas e Niyamas.

Vamos então conhecer estas etapas da prática do sádhaka (praticante).

Os Yamas são:

  • Ahimsa                  – Não agressão.
  • Satya                    – Não mentir.
  • Astêya                  –   Não roubar.
  • Brahmáchárya  –   Não abastardar o sexo.
  • Aparigráha         –   Não cobiçar.

Os Niyamas são:

  • Saucham         –   Pureza, limpeza.
  • Santôsha                     –   Alegria, contentamento.
  • Tápas                             –   Autossuperação.
  • Swádhyáya –   Auto estudo.
  • Íshwara pranidhána –   Auto entrega.

Neste texto falarei apenas de um deles, o Tápas ou autossuperação. Essa importante etapa do treinamento consiste em um esforço e atenção constante em fazer o melhor em tudo, sempre que possível. Devemos abandonar velhos condicionamentos e também sairmos da zona de conforto, zona de conforto é uma série de ações, pensamentos e/ou comportamentos que uma pessoa está acostumada a ter e que não causam nenhum tipo de medo, ansiedade ou risco. Nessa condição a pessoa realiza um determinado número de comportamentos que lhe dá um desempenho constante, porém limitado e com uma sensação de segurança.

  • Deve-se ter disciplina e constância para o treinamento e evolução pessoal, jamais sucumbindo nem esmaecendo perante o esforço, mantendo-se firme e obstinado perante ao seu propósito.
  • Ser altruísta e ser sempre proativo com o próximo, procurar sempre ajudar.
  • Jamais reclamar! Nem demonstrar descontentamento, apesar de que o contentamento é um outro niyama, porém a atitude de não se entregar ao estado descontente e de não se queixar ou justificar-se para o mundo, caracterizam autossuperação.
  • Cultivar sempre a humildade e a polidez, pois quando se atinge um estado de melhor performance por meio da autossuperação o indivíduo tende a ser soberbo e orgulhoso, a manutenção do tápas consiste também em sempre se manter humilde.

Essa norma deve ser aplicada sempre levando em consideração o cuidado com a saúde na forma da preservação do corpo e da mente, pois sabemos que um esforço exagerado sem que antes haja um treinamento disciplinado pode trazer graves consequências ao indivíduo.

Por hoje é isso, nos próximos textos trataremos um pouco mais das outras normas éticas, para o aperfeiçoamento pessoal de cada um.

espaço sattwa, yogaFabrício Ferrari, Instrutor de Swásthya Yôga, Sócio Proprietário do Espaço Sattwa e Músico. Minhas paixões: ensinar, bicicleta, cantar e tocar. Maior desejo: proporcionar a autossuperação dos meus alunos.

 

 

Deixe seu comentário =)

Comentários