PILATES: A MODALIDADE QUE VEIO PARA FICAR!

Treinamento funcional, treino funcional na mooca, surf treino, treino para o surf, treinamento para surfistas, pilates na mooca, pilates para o surf, treino surf equilibrio

Quem não conhece alguém que faz Pilates ou já fez? Quem já fez, faz ou tem interesse em praticar algum dia? O número de pessoas aumenta a cada vez mais.

Atualmente a procura por Pilates é enorme, já que a modalidade, além de se consolidar fortemente no Brasil principalmente após 2010, também conquistou a confiança dos médicos que passaram a indicar a prática com enfoque terapêutico e clínico. Mas tenho reparado que apesar das pessoas buscarem esta modalidade, nem sempre sabem o que é realmente o Método. Por isso, o objetivo deste texto é esclarecer para você que não sabe, para você que pensa que sabe e para você que deseja relembrar, o que é o Método Pilates.

Se alguém te pedisse para definir o que é Pilates, o que você responderia?

Uma boa resposta seria: consiste em um conjunto de exercícios físicos que utilizam o peso do próprio corpo para sua execução em solo ou em aparelhos com resistências de molas atuando como carga. É uma técnica de reeducação da postura e do movimento, que visa trabalhar o corpo todo.

No entanto, tirando o fato do Pilates ter os aparelhos próprios (cadilac, reformer, chair, barrel, wall unit) que caracterizam e identificam o Método, esse conjunto de exercícios poderia ser facilmente confundido com outras modalidades de exercícios físicos se não fosse a existência dos Princípios do Método Pilates. 

Segundo Joseph Pilates, seu método de exercícios inicialmente chamado de Contrologia, precisa seguir estes 6 princípios: respiração, centro de força, concentração, fluidez, controle e precisão. 

– Respiração: é trabalhada em todos os exercícios de forma completa, tanto a inspiração quanto a expiração, sendo que o momento de maior solicitação do exercício é feito na expiração, pois permite maior estabilização do eixo do corpo.

– Centro de força: Também conhecido por “ Power House ou Casa de Força”, é composto por um conjunto de músculos responsáveis pela sustentação da coluna e dos órgãos internos. A ativação desses grupos musculares e seu respectivo fortalecimento possibilita o que há de mais importante no Método e que hoje em dia, tem sido preconizado em outras linhas, a estabilização do tronco e um alinhamento biomecânico com menor gasto energético.

O ideal é que o Centro de Força esteja ativado no início do exercício, pois além de garantir a estabilidade da coluna vertebral, esta força é irradiada para as extremidades, complementando o resultado da execução.

Os músculos são: os abdominais (reto abdominal, oblíquo externo, oblíquo interno e transverso do abdômen), assoalho pélvico, eretores profundos da coluna, flexores e extensores do quadril. Falaremos mais sobre esse conceito em outros posts. Aguardem!

Treinamento funcional, treino funcional na mooca, surf treino, treino para o surf, treinamento para surfistas, pilates na mooca, pilates para o surf, treino surf equilibrio– Concentração: focar no movimento com atenção total ao que será executado, permite o equilíbrio entre corpo e mente, além da máxima excelência nos exercícios realizados.

 Fluidez: o Pilates Clássico preconiza que a realização dos exercícios seja de forma fluida, como uma dança encadeando um movimento ao outro e garantindo o menor número de pausas.

– Controle: ausência de movimentos compensatórios e a presença de suavidade e harmonia garantem a prática de forma controlada, aplicando este princípio,

– Precisão: cada exercício precisa ser executado com precisão, equilíbrio e sinergia muscular.

Treinamento funcional, treino funcional na mooca, surf treino, treino para o surf, treinamento para surfistas, pilates na mooca, pilates para o surf, treino surf equilibrio

A questão aqui é a seguinte: Se no movimento executado estiver incorporado TODOS os Princípios, o que você está praticando é Pilates! Caso contrário, não!

Por isso, Pilates não é fácil. Não é simples. Pois exige em todos os movimentos um alto controle muscular e postural, controle respiratório e atenção máxima na sua execução.

Para o atleta, aprender a aplicar os princípios do Método na prática do Pilates, melhora a performance esportiva e aprimora os resultados desejados. Muitos atletas estão complementando seu treino com Pilates para incorporar seus benefícios.

E agora, se te perguntassem o que é Pilates?

fernanda degilio

 

Fernanda Degilio Alves, Fisioterapeuta, mestre em Bioética, Instrutora de Pilates e Cross Pilates, Sócia Proprietária do Espaço Sattwa, apaixonada por Yôga, em aprendizado constante sobre saúde, o ser humano e a vida…

 

Deixe seu comentário =)

Comentários