POR QUE ATIVIDADE FÍSICA VICIA?

Treinamento funcional, treino funcional na mooca, surf treino, treino para o surf, treinamento para surfistas, pilates na mooca, pilates para o surf, treino surf equilibrio, acupuntura para esportistas

Você certamente já conheceu alguém viciado em atividade física.

Aquela pessoa que arruma tempo, as vezes fazendo sacrifícios, e que chega a ficar irritada, ansiosa e até mesmo depressiva ao ficar alguns dias longe da prática.

O que você pode não saber é que isso tem uma explicação simples.

Esta dependência pode ser química e causada, principalmente, por uma substância chamada ENDORFINA.

A endorfina é produzida na hipófise e liberada para o sangue juntamente com outros hormônios como o GH (hormônio do crescimento) e o ACTH (hormônio adrenocorticotrófico) que estimula a produção de adrenalina e cortisol.

Durante uma atividade física concentrações elevadas são produzidas e liberadas, ajudando a relaxar e gerando bem estar e prazer. A enforfina é considerada um analgésico natural, reduzindo o estresse e a ansiedade, aliviando as tensões e sendo até recomendado no tratamento de depressões leves.

Muitas pessoas, mesmo não sentindo tanto prazer durante a prática de uma atividade física, não conseguem ficar sem essa sensação de bem estar.

A liberação de endorfina vai variar de acordo com as características da atividade física que estamos praticando. Ela começa sendo liberada gradualmente, a partir do início da atividade como um mecanismo de adaptação do nosso corpo. Assim que essa quantidade começa a se tornar perceptível, surge aquela sensação de bem estar que muitas vezes continua por horas após o término do exercício. Algumas pesquisas mostram que a substância pode ser encontrada no sangue até 72 horas depois.

A duração necessária do exercício para qual a endorfina começa a ser liberada mais intensamente não é exata. O que podemos afirmar, é que tanto exercícios aeróbios quanto anaeróbios podem provocar um aumento de sua concentração.

Curiosamente o consumo de chocolate e pimenta, por exemplo, são outras formas de estimular a produção da substância.

Mais do que a sensação de bem-estar, eis alguns outros efeitos sentidos pela produção da endorfina no nosso corpo:

  • Melhora do humor e da disposição física e mental;
  • Graças às suas características analgésicas, alivia as dores e bloqueia
  • Lesões nos vasos sanguíneos;
  • Melhora significativa na concentração e na memória;
  • -Aumento da resistência física e na imunidade (reforço do nosso sistema imunológico)
  • Efeito antienvelhecimento e antioxidante;
  • Melhora da vida social e sexual.

Independente da atividade que você vai praticar saiba que, além de todos os benefícios já conhecidos, nosso corpo faz com que ela com o tempo se torne também prazerosa e , muitas vezes, viciante. Uma forma boa e saudável de se viciar.

demetrio ferrari

 

Prof. Demétrio Ferrari, bacharel em ed. física, pós-graduado em treinamento desportivo, especialista em treinamento funcional e personal trainer desde 2005. Semanalmente esse espaço trará artigos com dicas sobre saúde e treinamento.

 

 

Deixe seu comentário =)

Comentários