TEMPEROS NATURAIS

Os TEMPEROS NATURAIS podem ajudar muito na dieta por acrescentarem mais sabor às refeições e além disso, muitos são ótimas fontes de fitoquímicos, antioxidantes e substâncias que auxiliam no bom funcionamento do corpo.

nutrição esportiva, nutrição esportiva cardápio, nutrição esportiva dicas, nutrição funcional receitas, nutrição funcional alimentos, alimentos funcionais, receitas vegetarianas, nutricionista no tatuapé
Alguns exemplos são: orégano, manjericão, salsa, cebolinha, coentro, cravo, canela, cardamomo, alho, alecrim, anis, todos os tipos de pimentas, açafrão, cúrcuma, gengibre. Frescos, desidratados ou em pó, todos podem e devem ser usados diariamente!
Limão e vinagre para temperar salada, por exemplo, acrescentam sabor sem acrescentar calorias e reduzem a necessidade de sal, além de ajudarem na digestão. Gengibre, cardamomo e pimenta agem acelerando o metabolismo. Cúrcuma é um poderoso anti-inflamatório natural, orégano é antifúngico e canela, além de ser super aromática, ajuda na compulsão alimentar e no controle da glicemia.Todos tem muitos benefícios, além do sabor!
Já os TEMPEROS PRONTOS, existem algumas marcas com mix de especiarias em sua maioria  são péssimas opções e tem glutamato monossódico na composição (componente neuro tóxico que pode causar dor de cabeça e perda de memória, entre outros). Sempre leia os rótulos e, na dúvida, não consuma! Prefira os naturais, se você tiver um espacinho no jardim, até você mesmo pode cultivar alguma dessas opções de temperos.

 

TEMPERO PARA LEGUMES

Os legumes são fontes de fibras e de nutrientes. Nem todos gostam desse grupo alimentar, mas ele deve fazer parte de uma alimentação variada. Para deixar as preparações com legumes mais gostosas, abuse dos temperos naturais para dar um sabor especial. Veja os principais:

  • Salsa (salsinha): é fonte de nutrientes, como betacaroteno e vitamina C.
  • Cebola: ação antioxidante, antiviral e digestiva.
  • Louro: estimula o apetite e ajuda na digestão.

TEMPERO PARA CARNES

As carnes podem ser temperadas com antecedência ou no momento do preparo, depende do tipo de carne e da receita. No caso de bifes, apenas 30 minutos antes é suficiente. De maneira geral, as carnes combinam com temperos mais fortes.

Veja:

  • Curry: possui sabor marcante e picante. É feito com uma mistura de diversos temperos ricos em substâncias antioxidantes.
  • Noz-moscada: melhora a digestão dos alimentos.
  • Gengibre: tem ação anti-inflamatória natural.

TEMPERO PARA FRANGO

Para deixar a carne de frango mais saborosa, o ideal é que seja temperada com antecedência, no dia anterior do preparo ou no mínimo duas horas antes, mas quanto mais tempo, melhor. Para fazer um marinado, coloque o frango já limpo em uma tigela ou saco plástico próprio para alimentos. Em seguida, misture todos os temperos e mantenha na geladeira até o momento do preparo. Os temperos que mais combinam com frangos são:

  • Açafrão da terra: pode ser usado também no final da preparação, possui ação anti-inflamatória e hepatoprotetora.
  • Alho: tem ação antibiótica e anti-fúngica.
  • Tomilho: possui ação digestiva, além de ser fonte de nutrientes, como vitamina C.

TEMPERO PARA PEIXES

Por ter sabor suave, os peixes não precisam de grande quantidade de temperos, nem ficar marinando por muito tempo. O limão combina muito bem, mas deve ser usado apenas na hora do preparo ou de servir para não desmanchar as fibras do peixe. Veja quais são os melhores temperos:

  • Dill: rico em sais minerais, tem ação diurética e ajuda a reduzir o excesso de gases.
  • Mostarda: possui propriedades digestiva, antibacteriana e antioxidante.
  • Estragão: tem sabor delicado, estimula o apetite e ainda tem efeito diurético.

 

Nutricionista Carina Melo

nutricao esportiva, nutricao para o surf, nutricionista carina melo

– Pós-graduada em Nutrição Clínica – Centro Universitário São Camilo;
– Pós-graduanda em Nutrição Esportiva Funcional – Instituto VP Consultoria Nutricional;
– Curso de Extensão Universitária em Cozinha Italiana – Senac parceria Alma – La Scuola Internazionale di Cucina Italiana – Itália – 2013;
– Graduada em Tecnóloga em Gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi – 2012;
– Graduada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo – 2009.

Contato: 11 98512-7097/ 3876-4440

 

 

Deixe seu comentário =)

Comentários